As novas regras Europeias para a Tripulação de voo

A tragédia do Germanwings Flight 9525 fez com a comunidade aeronáutica ficasse mais alerta para as condições médicas e psicológicas das tripulações de voo. Se não detectadas, podem levar a um resultado catastrófico. A UE reagiu prontamente, mobilizando a comunidade aeronáutica e trabalhando para assegurar que um acontecimento tão trágico não volte a acontecer.

A União Europeia publicou novas regras de segurança em operações aéreas, incluindo novas disposições para melhor apoiar a aptidão mental da tripulação aérea. O regulamento inclui as seguintes medidas de segurança:

a) Programa de apoio: todos os pilotos que trabalham para companhias aéreas europeias terão acesso a um programa de apoio que ajudará e apoiará os pilotos no reconhecimento, e a enfrentar e a superar problemas que possam afetar negativamente sua capacidade de exercer com segurança o seu desempenho.

b) Teste de álcool: como uma barreira de segurança adicional, foram adicionados testes de álcool de pilotos e tripulação de cabine para todas as companhias aéreas europeias e estrangeiras que voam para os territórios da União Europeia. O teste do álcool já é uma prática bem estabelecida em alguns Estados-Membros e, com este regulamento, o teste do álcool será agora alargado a todos os Estados-Membros da UE nos próximos dois anos.

Quem não se lembra daquele piloto da TAP ???

c) Avaliação psicológica: as companhias aéreas europeias farão uma avaliação psicológica dos seus pilotos antes do início da sua contratação.

Com estas regras, a Europa introduz as ferramentas certas para salvaguardar a capacidade mental da tripulação aérea. Estas novas regras terão um período de transição de dois anos para todas as companhias aéreas que voem para a Europa, quer sejam companhias registas na União, quer de países terceiros mas que voem para os países da União Europeia

Cada vez mais, a segurança na aviação é uma realidade que deve ser melhorada a cada momento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.